By Ana Bailune
"Toda a arte é completamente inútil." -  Oscar Wilde
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Meu Diário
24/08/2012 07h00
Dois Sonhos


Sonho 1 - Eu estava em uma cidade onde havia duas árvores enormes, cujas copas tinham sido queimadas até a destruição. Alguém falava sobre sons de sinos que ouviríamos dentro de nossas cabeças quando as árvores estivessem para tombar - pois havia seres responsáveis por levar o que não servia mais. De dentro de uma loja, eu de repente ouvi os sinos, e o ruído característico quando uma grande árvore tomba, e fiquei nervosa, pois de onde eu estava, não podia ver a árvore e não sabia onde ela iria cair. Um enorme estrondo, e o enorme tronco cai na calçada em frente ao lugar onde eu estava. Em seguida, a mesma coisa acontece, e a segunda árvore tomba, também com enorme estrondo. Penso: "Renascimento. Renovação." Desperto com os cães do vizinho latindo muito.

 


 

 

 


Sonho 2 - Eu abraçava meu sobrinho falecido, mas ao mesmo tempo, não era ele, era apenas uma lembrança dele em carne e osso. Ele não falava. Vestia uma camiseta branca, tinha a exata aparência do meu sobrinho (antes de ficar doente). Ao meu lado, uma senhora abraçava uma outra pessoa, dizendo-me: "Não são eles de verdade, mas pelo menos, a gente pode matar as saudades." Acordei me sentindo demasiadamente melancólica. Fiz uma oração para ele.

 

 


 

 

 


Interpretação:

 

 


 

 

 


 

 

 


Sonho 1- Acho que é clara: alguma coisa velha, que não tem mais propósito, será ou precisa ser destruída, tombada, pois uma árvore sem copa, queimada e morta, não tem função. Eram duas árvores, então serão duas coisas. Se eu mesma não o fizer, a vida (os 'seres' ) o farão. Claro, haverá momentos de insegurança (o medo por não saber onde as árvorees iriam cair). Mas no final, ficaram as duas palavras: "Renascimento. Renovação." Uma nova árvore brotará.

14/12/2012 - RE-INTERPRETAÇÃO - O sonho das árvores: minha mãe e meu cunhado muito doentes hoje. Ela, a primeira árvore - matriarca da família; ele, a segunda árvore, o cunhado mais velho.

 

 


 

 

 


Sonho 2- apenas um sonho sobre saudade. Uma maneira inconsciente de matar saudades. Mas eu sei que agora ele está tão longe, que não virá mais, nem em sonhos.

 


Publicado por Ana Bailune em 24/08/2012 às 07h00

MATURIDADE Ana Bailune R$11,55
O JARDINEIRO SONHADOR & OUTRAS CRÔNICAS Ana Bailune R$4,34
LIXO EXISTENCIAL - AMOSTRA Ana Bailune R$1,00
SEMPRE CADA VEZ MAIS LONGE Ana Bailune R$2,00
A Ilha dos Dragões Ana Bailune R$7,00
Vai Ficar Tudo Bem - ESGOTADO - Disponível na... Ana Bailune R$2,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras