By Ana Bailune
"Toda a arte é completamente inútil." -  Oscar Wilde
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos












 
O que nos Dizem

As pessoas sempre dizem coisas porque elas acham que sempre tem coisas a dizer - e dizem, pois tem o direito de dizê-las, mas raramente, o dever. Acredito naquela linda canção de Oswaldo Montenegro, "Todo Mundo Tá Falando," que diz: "Todo mundo tá falando de guerra / Todo mundo tá falando de paz / Todo mundo tá falando segredo / Todo mundo tá falando demais..." 

Mas a gente pode decidir aquilo que quer escutar. Todo mundo tá falando, inclusive a gente. Mas ouve quem quiser. E somos sempre responsáveis pelo que dizemos, mas não pela maneira como os outros interpretam aquilo que dizemos. Portanto, não se preocupe desse jeito com aquilo que os outros dizem, pois ninguém está na sua pele, ou teve as experiências que você teve. Aprenda a filtrar!

Você me perguntou: "Quantas vezes ainda vou ter que tentar? Por que todos conseguem, menos eu?" E eu te respondi: "Esqueça os que conseguiram! Lembre-se deles apenas se for para ficar feliz pelas suas conquistas, por eles! Foque naquilo que você quer alcançar, e tente,  quantas vezes precisar." Mas quando parar?

 Acho que todos nós temos dentro da gente um sensor que indica quando parar, é só prestarmos atenção. E quando a gente acha que já bateu numa porta vezes demais sem que ela se abrisse, temos apenas duas saídas:

1) Mudar de porta 
2) Continuar batendo.  - mas talvez de uma maneira diferente.

E só mesmo prestando atenção àquilo que nosso coração diz (e escutar o próprio coração pode não ser tão fácil assim, com 'todo mundo falando' tanto) a fim de decidir o que fazer. Mudar de tática?  Preparar-se melhor? Mas o que eu acho mesmo, é que a vida às vezes nos convida a parar de tentar e escutar... de repente, não é esse o seu caminho. Quando estou diante de um dilema muito grande, eu me calo. Eu escuto. Eu rezo e peço uma resposta, e ela sempre vem, mas nem sempre, ela é o que eu queria que ela fosse, ou do jeito e na hora que eu esperava. Mas é o melhor. Nossa, perdi a conta de quantas vezes esse tipo de coisa já me aconteceu: parar de tentar, respirar fundo, acalmar a mente e deixar que as coisas me cheguem naturalmente. Funciona, quando a gente tenta demais e acha que não está conseguindo.

Sabe aquela pessoa que sempre faz muitas perguntas, mas nunca se cala para ouvir as respostas? É assim que você tem feito... é preciso ficar em silêncio. Buscar demais, com muita ansiedade por algo também pode causar um redemoinho nas coisas em volta e fazer com que aquilo que estava chegando mude de curso. Para se apanhar um pássaro (embora eu deteste a ideia de se apanhar pássaros) a gente arma a carapuça e espera pacientemente. Se ficarmos nos agitando o tempo todo, o pássaro vai embora. Ou nem chega perto.

Ouça menos. Ouça-se mais. Boa sorte!



Ana Bailune
Enviado por Ana Bailune em 06/11/2013


Comentários

MATURIDADE Ana Bailune R$11,55
O JARDINEIRO SONHADOR & OUTRAS CRÔNICAS Ana Bailune R$4,34
LIXO EXISTENCIAL - AMOSTRA Ana Bailune R$1,00
SEMPRE CADA VEZ MAIS LONGE Ana Bailune R$2,00
A Ilha dos Dragões Ana Bailune R$7,00
Vai Ficar Tudo Bem - ESGOTADO - Disponível na... Ana Bailune R$2,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras