By Ana Bailune
"Toda a arte é completamente inútil." -  Oscar Wilde
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


Outono
 

Na tarde de outono,
A quase lua cheia
Tão pálida, tão branca,
Passeia de um lado;
Do outro, o sol poente.
 

Num céu azul-marinho
(Vermelho no horizonte)
A saga dos amantes:
Eterno despedir-se
No instante em que se veem...
 

A lua e o sol no céu,
No mesmo céu de sempre,
Um céu sempre de adeus,
Como quando me vejo
Dentro dos olhos teus.






 
Ana Bailune
Enviado por Ana Bailune em 27/03/2018

Música: Levitation - Peter Ratzenbeck



Comentários

Free background from VintageMadeForYou
MATURIDADE Ana Bailune R$11,55
O JARDINEIRO SONHADOR & OUTRAS CRÔNICAS Ana Bailune R$4,34
LIXO EXISTENCIAL - AMOSTRA Ana Bailune R$1,00
SEMPRE CADA VEZ MAIS LONGE Ana Bailune R$2,00
A Ilha dos Dragões Ana Bailune R$7,00
Vai Ficar Tudo Bem - ESGOTADO - Disponível na... Ana Bailune R$2,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras